Buscar médicos ou outros profissionais

Buscar notícias

Gastrite: causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção

Escrito por colaboradores editoriais do Cadê Médico

Revisado por:

Gastrite: causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção

Gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago, que pode ser aguda ou crônica. É uma condição comum, que afeta pessoas de todas as idades. Embora possa ser assintomática em alguns casos, a gastrite pode causar dor e desconforto, bem como levar a complicações graves se não for tratada adequadamente.

Neste artigo:

O que é Gastrite?


A gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago. A mucosa é a camada de tecido que reveste o estômago e produz o suco gástrico, responsável por ajudar na digestão dos alimentos. Quando a mucosa é inflamada, ela pode se tornar mais fina e menos eficiente, o que pode levar a uma série de sintomas.

O que causa a gastrite?


A gastrite pode ser causada por várias condições, incluindo:


  • Infecção pelo Helicobacter pylori: essa bactéria é uma das principais causas de gastrite e também pode causar úlceras e câncer de estômago.
  • Uso de anti-inflamatórios não esteroides (AINEs): medicamentos como ibuprofeno e aspirina podem irritar a mucosa do estômago e levar à gastrite.
  • Álcool e tabaco: o consumo excessivo de álcool e o tabagismo podem irritar a mucosa do estômago e causar gastrite.
  • Estresse: o estresse pode aumentar a produção de ácido no estômago, o que pode levar à gastrite.
  • Outras condições: outras condições que podem causar gastrite incluem refluxo gastroesofágico, doença de Crohn e infecções virais.

Publicidade

Sintomas


Os sintomas da gastrite podem variar de pessoa para pessoa e dependem da gravidade da inflamação. Alguns dos sintomas mais comuns incluem:


  • Dor abdominal: a dor pode ser descrita como uma queimação, sensação de pressão ou desconforto no estômago.
  • Náusea e vômito: esses sintomas podem ocorrer quando a inflamação afeta o esvaziamento do estômago.
  • Perda de apetite: a inflamação pode levar à sensação de saciedade precoce e diminuir o apetite.
  • Sensação de plenitude após as refeições: a inflamação pode fazer com que você se sinta cheio ou inchado após as refeições.
  • Indigestão: você pode sentir uma sensação de queimação, dor ou desconforto no peito após as refeições.
  • Fezes escuras ou com sangue: em casos mais graves, a inflamação pode levar a sangramento gastrointestinal, o que pode resultar em fezes escuras ou com sangue.

Diagnóstico


O diagnóstico de gastrite geralmente envolve um exame físico, histórico médico e testes para detectar a causa subjacente da inflamação. Algumas das formas de diagnóstico incluem:


  • Endoscopia: esse exame envolve a inserção de um tubo flexível com uma câmera na extremidade pela boca até o estômago para examinar a mucosa do órgão e coletar amostras de tecido para análise.
  • Teste respiratório para Helicobacter pylori: esse teste detecta a presença da bactéria Helicobacter pylori no estômago por meio da análise de gases respiratórios.
  • Testes de sangue: esses testes podem ajudar a identificar a presença de anticorpos contra o Helicobacter pylori ou outras causas de gastrite.
  • Radiografia: uma radiografia do estômago pode ajudar a identificar possíveis úlceras ou outras condições que possam estar contribuindo para a gastrite

Publicidade

Tratamento


O tratamento para gastrite depende da causa subjacente da inflamação. Algumas das opções de tratamento incluem:


  • Antibióticos: se a causa da gastrite for uma infecção pelo Helicobacter pylori, o tratamento geralmente envolve uma combinação de antibióticos e medicamentos para reduzir a produção de ácido estomacal.
  • Medicamentos para reduzir a produção de ácido: medicamentos como inibidores da bomba de prótons (omeprazol, pantoprazol, lansoprazol) ou bloqueadores H2 (ranitidina, cimetidina) podem ajudar a reduzir a produção de ácido estomacal e aliviar os sintomas da gastrite.
  • Evitar irritantes estomacais: evitar o consumo de álcool, tabaco, alimentos condimentados ou gordurosos, AINEs e outros irritantes estomacais pode ajudar a reduzir a inflamação.
  • Mudanças na dieta: seguir uma dieta saudável e equilibrada pode ajudar a reduzir a inflamação e fornecer os nutrientes necessários para a recuperação da mucosa do estômago.

Qual é o prognóstico para gastrite?


A maioria dos casos de gastrite é tratável e não causa complicações graves. No entanto, se não for tratada adequadamente, a gastrite pode levar a úlceras, sangramento gastrointestinal e outras complicações. Por isso, é importante buscar tratamento médico se você estiver apresentando sintomas de gastrite. Além disso, adotar um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e prática regular de exercícios físicos, pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de gastrite e outras condições gastrointestinais.

Publicidade

Alimentos mais indicados


A alimentação pode ter um papel importante no tratamento da gastrite. Os alimentos que você consome podem afetar a inflamação no seu estômago e a quantidade de ácido produzido pelo órgão. Alguns alimentos são mais indicados para ajudar no tratamento da gastrite, como:


  • Alimentos ricos em fibras: frutas, legumes e grãos integrais podem ajudar a reduzir a inflamação e a promover a saúde do sistema digestivo.
  • Alimentos ricos em flavonoides: frutas vermelhas, maçãs, cebolas e chás podem ajudar a reduzir a inflamação e proteger a mucosa do estômago.
  • Alimentos ricos em probióticos: iogurte natural, kefir, kombucha e outros alimentos fermentados contêm bactérias benéficas que podem ajudar a equilibrar a flora intestinal e reduzir a inflamação no estômago.
  • Alimentos ricos em ômega-3: peixes como salmão, sardinha e atum contêm ácidos graxos ômega-3, que podem ajudar a reduzir a inflamação em todo o corpo, incluindo o estômago.
  • Alimentos ricos em vitamina B12: carne, peixe, leite e ovos são fontes de vitamina B12, que pode ajudar na regeneração da mucosa do estômago.

Publicidade

"Algumas pessoas podem ter intolerâncias ou alergias alimentares que podem agravar a gastrite, por isso é importante consultar um profissional de saúde.​.."

Alimentos que devem ser evitados


Assim como existem alimentos que podem ajudar a tratar a gastrite, existem outros que podem piorar a condição. Alguns alimentos que devem ser evitados incluem:


  • Alimentos ácidos: como frutas cítricas, tomates, vinagre e bebidas ácidas, como sucos cítricos e refrigerantes, que podem aumentar a produção de ácido no estômago e irritar a mucosa gástrica.
  • Alimentos ricos em gordura: como frituras, carnes gordurosas e laticínios integrais, que podem desacelerar o processo de digestão e aumentar o tempo que o alimento permanece no estômago, resultando em um maior estresse no órgão.
  • Alimentos condimentados: como pimentas, curry, mostarda e molhos picantes, que podem irritar a mucosa do estômago.
  • Bebidas alcoólicas: que podem irritar a mucosa gástrica, aumentar a produção de ácido no estômago e contribuir para o desenvolvimento de lesões.
  • Cafeína: presente no café, chá preto, chocolate e algumas bebidas energéticas, pode aumentar a produção de ácido no estômago e irritar a mucosa gástrica.

É importante lembrar que cada pessoa é única e pode reagir de maneira diferente aos alimentos. Algumas pessoas podem ter intolerâncias ou alergias alimentares que podem agravar a gastrite, por isso é importante consultar um profissional de saúde para orientações individuais sobre a dieta no tratamento da gastrite.

Esperamos que as informações fornecidas tenham sido úteis para você. Agradecemos sua avaliação, pois ela é fundamental para que possamos aprimorar nossos conteúdos e fornecer cada vez mais informações relevantes e precisas aos nossos leitores.

Avaliação 0.00 (0 Votos)

Compartilhe em suas redes sociais.

Artigos Relacionados

Publicidade

Publicidade

Publicidade

HERMENGARDA ANDALUZ ARAUJO SANTOS

Bairro:
ITAIGARA
Esp. Médica:
PNEUMOLOGIA
Cidade:
SALVADOR
Categoria:
MÉDICO

VALDECI LIMA MALDONADO

Esp. Médica:
GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
Categoria:
MÉDICO
Bairro:
ITAIGARA
Cidade:
SALVADOR/BA

DANILO CRUZ SENTO SE

Cidade:
LAURO DE FREITAS
Esp. Médica:
OFTALMOLOGIA
Categoria:
CLÍNICA MÉDICAMÉDICO
Bairro:
JARDIM AEROPORTO

CLÍNICA DE CARDIOLOGIA EDSON

Bairro:
ITAIGARA
Esp. Médica:
CARDIOLOGIA
Cidade:
SALVADOR
Categoria:
CLÍNICA MÉDICA

Publicidade

KARINA BRIGE GOMES

Esp. Odontológica:
CLÍNICO GERALESTÉTICAPRÓTESE DENTÁRIA
Bairro:
ITAIGARA
Cidade:
SALVADOR
Categoria:
ODONTO / DENTISTA

LUCIANA KOSER

Esp. Odontológica:
PERIODONTIA
Bairro:
ITAIGARA
Cidade:
SALVADOR
Categoria:
ODONTO / DENTISTA

VANESSA ALVARES DE CASTRO ROCHA

Esp. Odontológica:
CIRURGIA BUCO-MAXILO
Bairro:
ITAIGARA
Cidade:
SALVADOR
Categoria:
ODONTO / DENTISTA

NILSON PENA NETO SEGUNDO

Esp. Odontológica:
RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA
Bairro:
ITAIGARA
Cidade:
SALVADOR
Categoria:
ODONTO / DENTISTA